fuller house lori loughlin
Fuller House | Lori Loughlin é demitida da série após escândalo

A atriz Lori Loughlin (tia Becky), não voltará para a quinta e última temporada de Fuller House da Netflix.

A decisão foi tomada após a atriz ter sido acusada no escândalo de propina de admissão em faculdades de elites Americanas, de acordo com reportagens do Deadline e TVLine .

Lori teria usado de meios ilícitos para colocar suas duas filhas na Universidade do Sul da Califórnia. Vale lembrar, que além de “Fuller House“, a atriz também foi cortada da série “When Calls the Heart”, que é exibida no Brasil pela Netflix.

aprender ingles com netflix

A atriz entregou-se às autoridades em 13 de março depois de ser indiciada por supostamente participar de um grande esquema envolvendo pais que pagaram subornos de até US $ 6 milhões para colocar seus filhos em faculdades de elite, incluindo Yale e Georgetown.

Lori, seu marido Mossimo Giannulli e dúzias de outros pais – incluindo Felicity Huffman de “Desperate Housewives”, supostamente subornaram os administradores do exame de admissão (para permitir a trapaça nos testes) e treinadores universitários (para designar candidatos à escola como recrutas atléticos, independentemente de seus habilidade atlética ou experiência jogando um esporte).

Lori e Giannulli supostamente pagaram um total de US $ 500 mil para que suas duas filhas fossem designadas como recrutas para a equipe de tripulação da Universidade do Sul da Califórnia, embora nenhuma das duas tenha participado do esporte.

Lori foi libertada da custódia da fiança de 1 milhão de dólares, com uma decisão do juiz de que ela poderia viajar para o trabalho, desde que ela informe ao tribunal para onde vai e por quanto tempo ela estará fora.

Leia mais sobre: Fuller House

Confira as novidades das suas séries favoritas também no seu Facebook, curta nossa página:

Siga também nosso: Instagram: @listaseries e Twitter @listaseries

SUA REAÇÃO

Comente com seu Facebook